PROCLAMACAO/ EMANCIPACAO GLOBAL FEITO DEBAIXO DA LEI DE DEUS E DO HOMEM

Invocando oDesestabelecimento Legal e Espiritual da Igreja de Roma e os seus órgãos adjuntos, o Vaticano e a “Santa Sé”

E

Emitido como Vinculação Anulação e Pedido de Emancipação pelo Tribunal Internacional de Justiça e Direito Comum De Jure e Do Convênio dos Cristãos Livres Congregacionais no Domingo de Páscoa, Dia 20 de Abril do ano de 2014

A SER PUBLICAMENTE ANUNCIADO E PROMULGADO

 

Que seja conhecido e com efeito por todos os homens e mulheres, pessoas e autoridades que, sob a Lei Suprema de Deus e como incorporado na Lei Comum da Natureza e Direito Natural, a partir deste dia, a instituição e entidade da Igreja de Roma, seus oficiais, o clero, os órgãos adjuntos derivativos e íntegra corporativa, que de agora e para sempreestá abolida e desestabelecida como uma corporativa e corpo espiritual. Todas as pessoas e os poderes anteriormente sob a sua autoridade e influência e devendo-lhealiançaestãoagora e para sempre emancipados e livres de tal servidão obrigatória.

Tendo violado e travado uma guerra implacável a Deus e à humanidade através de suas história de crime, assassinato, apostasia, sacrifício de crianças e idolatria, e, assim, repudiado o convênio pactuado de obrigação e dever de defender a honra do Céu e da Terra e da vida e dignidade de todos os humanos, a Igreja de Roma anulou a sua base de existência e trouxe sobre si o estatuto de uma organização criminosa transnacional renegada aos olhos de Deus e dos homens, e de acordo com as leis do Téu e da Terra.

A autoridade suprema de Deus como expressa nos Tribunais de direito comum De Jure de julgamento e nas congregações de apenas, homens e mulheres sinceros, faz por conseguinte anular a existência da Igreja de Roma, a suposta “Sucessão Apostólica”, e sua chamada ” Lei Canônico”.

Portanto, a partir deste dia, todas essas leis, estatutos, e todos os gabinetes da igreja e oficiais estão declarados abolidos para sempre e possuindo nenhum efeito ou autoridade obrigatória no céu ou na terra.

Todos os oficiais e agentes da Igreja de Roma, começando com Jorge Bergoglio, o chamado Pontífice da Igreja de Roma, todos os Cardeais da Cúria Romana, os chefes do Banco do Vaticano e Adolfo Pachon, chefe “Superior” da Ordem dos Jesuítas, estão por este meio sob ordem de se retirarem imediatamente e abandonar os seus gabinetes.

A riqueza, propriedade e bens móveis da Igreja de Roma são confiscados e declaros como propriedade comum dos Povos do mundo, e podem ser pacificamente apreendidos e ocupados por eles.

Cada membro, empregado e aderente da Igreja Católica Romana é por este meio liberado de todas as suas promessas, aliança e obrigações para com a Igreja de Roma, e estão livres para se reunir e adorar sob qualquer forma congregacional que Deus e sua consciência compele, separados do igreja Romana desestabelecida.

Os xerifes e oficiais de paz dos tribunais de direito comum legais, assistidos pelos povos livres do mundo, passam a ser autorizados e encorajados a promulgar e aplicar esta Anulação e Proclamação de Emancipação, sempre que possível, sob a autoridade suprema e soberana de Deus e da Lei das Nações .

O povo de Deus que se tem perdido e mantido em servidão dentro do cativeiro espiritual da igreja falsa de Roma está agora livre de se organizar em congregações que se destaquem exclusivamente sob a lei de Deus, reconhecendo nenhuma outra autoridade legítima, para o estabelecimento do Reinado de Deus na terra.

A longa noite de tirania espiritual e dos crimes Vaticano acabou. Deixem as pessoas livres da Terra e todos os verdadeiros servos de Deus e de Cristo purificar suas terras da mentira e dos assassinatos anteriormente entronizados em Roma.

Proclamada e promulgada como neste Domingo de Ressurreição pelo Tribunal Internacional de Justiça e Direito Comum, com a colaboração do O Convênio dos Cristãos Livres Congregacionais (Os Covenanters)

Esta Proclamação é acompanhada por um terceiro e último exorcismo e cerimônia de reclamação espiritual em Roma e em todo o mundo, neste Domingo de Páscoa, 20 de Abril de 2014

Em Coram Deo: Invocado na presença de Deus – Tal como Deus o quer, assim é feito

Um Acto Legal Vinculado e feito sob o Divino e Direito Comum. O poder de connectar e ser livre agora reside só em Deus e por Deus é livre, povo da aliança.

www.iclcj.com , www.covenantedcommunity.org

itccscentral@gmail.com